sábado, 24 de janeiro de 2009

Fundamentalistas pedem decapitação de Madonna

A simpatia que Madonna nutre pelo judaísmo e Israel gerou protestos de grupos islâmicos. Um grupo fundamentalista pediu, em sua página na internet, que alguém decapitasse a cantora.
No site do Comitê de Resistência Popular há mensagens afirmando que Madonna insulta os árabes com seu "comportamento de prostituta e o amor aos judeus".
A adesão à Cabala, espécie de judaísmo místico, também é vista com maus olhos pelos conservadores seguidores de Maomé.
Segundo o jornal espanhol "El País", a cantora está levando a ameaça a sério. Ela teria incorporado dois seguranças israelenses à sua equipe de proteção pessoal.
Escola
Madonna tem outro problema para resolver. Mas agora é doméstico. Ela e o ex-marido, Guy Ritchie, ainda não se acertaram sobre o local onde os filhos, Rocco e David Banda, vão estudar.
A cantora quer que eles estudem nos Estados Unidos; já o cineasta prefere a Inglaterra.
http://entretenimento.br.msn.com/famosidades/noticias-artigo.aspx?cp-documentid=17117558

2 comentários:

Hecton P.Domingos disse...

Sabe tem hora que eu vejo que o mundo não mais recurso, o jeito era explodir isso tudo, mas pensando melhor, porque não mandar os soldadinhos de Alá, lá pra lua...acho que o mundo seria muito melhor....o fundamentalismo religioso está acabando com o mundo...

Stefano disse...

as vezes tenho duvidas se é verdade essa história de extremistas islamicos ameaçando artistas etc.
a imprensa "democrática" sempre procura 1 jeito de alfinetar os islamicos!!